ovos_ouro.jpg

 

 

 

 

Faltou a luz em mim.

 

Mesmo assim dou-me ao luxo de mesmo às cegas tactear docemente o redondo da tua pele e encontrar círculos e espirais que esvoaçam perdidos de rumos.                

 

E perco-me o resto do tempo na construção de formas geométricas perfeitas.

 

Às vezes descubro que os sentidos não são só cinco e divirto-me inventando tempos novos e solidões sem angústias: afinal chove lá fora mas ...                                      

 

...o sol ainda brilha em mim e há luares felizes no meu canto.

 

 

 

Maria Lua

 

publicado por MariaLua às 19:29