Dedico este conto a ti Bruno que és um dos melhores contadores de histórias que conheço e ao contrário do "Sol" deste conto o teu não só não te cegou como faz crescer, florir e sonhar quem te escuta! Bem hajas! (Atenção pessoal: Têm de o conhecer um dia! :)

 

Maria Lua

 

 

O SOL

  

Antes de brilhar na magnificência de seu fogo, o Sol era uma pedra opaca, nascido das entranhas da Lua. Pouco depois de nascer, saiu disparado, cruzando a escuridão e cresceu. Primeiro virou cometa, depois estrela e, finalmente, se transformou em Sol. ofuscou o brilho da Lua, roubou a sua beleza, desfigurou o mito da mãe e ficou cego para sempre de tanto poder.

 

Isabel Aguirre Contos Fantásticos

publicado por MariaLua às 01:00