ESTORIAS DE LUA

pesquisar

 
Quarta-feira, 19 / 09 / 12

DO FUNDO DO POÇO



 

 

e por hoje é tudo....

 

 

Maria Lua
sinto-me:
música: Vampiros - Zeca Afonso
publicado por MariaLua às 18:59
Terça-feira, 21 / 08 / 12

SOU O VENTO... (APENAS)

 

 

 

 

 

Sou o vento que passa mansamente nas árvores e fala na boca de todos os pássaros. Desloco-me na calma do momento e estou isento de sofrimentos porque já não sei sentir.

 

Maria Lua

sinto-me:
música: Trova do vento que passa
publicado por MariaLua às 16:19
Quinta-feira, 16 / 08 / 12

SISTER (SP)

 

 

A Amizade não conhece barreiras ela apenas É.  

 

Ás vezes transforma-se em paraiso quando temos o coração disponivel para partir...

 

Tens os olhos abertos????

 

 

 

 

Maria Lua

 

 

 

 

 

 

sinto-me:
música: Sinais de afeto - Luis Represas
publicado por MariaLua às 15:23
Quarta-feira, 08 / 08 / 12

RUMOS

 

 

Ás vezes as entranhas murmuram-me que grite papoilas nos teus olhos, talvez dessa forma me consigas audiovisualizar melhor.

 

Desconcentro-me das palavras e perco-me na rua das gargalhadas menos felizes do teu ser. É o tempo quem nos coordena, quem nos domina, quem nos faz...

 

...Mas passa tão depressa que quase não me deixa VER-TE.

 

VOLTA....

 

Maria Lua

 

 

sinto-me: Em casa...
música: Creed - With Arms Wide Open
publicado por MariaLua às 16:33
Sexta-feira, 13 / 07 / 12

CURE-SE!

NÃO SOMOS ESTATISTICA,SOMOS PESSOAS! TEMOS CORAÇOES CHEIOS DE LUZ. GUARDAMOS DENTRO O PODER CURATIVO DO UNIVERSO, E O PODER DE MUDAR TUDO... TUDO!                                                                                               
BASTA CRERMOS... 
ACREDITE+EM SI. E CURE-SE!!! ATÉ LÁ  AME-SE MUITO!! E TRANSMITA O SEU AMOR...

 

 

Maria Lua            

sinto-me:
música: Qualquer coisa do Sting...
publicado por MariaLua às 10:39
Quinta-feira, 24 / 05 / 12

MUDAR DE VIDA (EU VOU! E tu???)

Vivemos no mundo das queixinhas... toda a gente fala da crise, dos problemas, da solidão, dos medos e ninguém repara que cada dia que vivemos é uma nova CHANCE na nossa felicidade e que somos LIVRES de o gastarmos como quisermos. Existem pessoas que no entanto já compreenderam isso e que todos os dias enchem o mundo com os pózinhos de perlimpimpim da solidariedade humana...

 

Vamos lá (re)começar a PENSAR pessoal...

 

 

 

 

(sem sombra de duvida que adotei o mundo deste filme ... também eu passo todos os dias muito tempo com as coisas pequenas)

 

 

 

(Obrigada DIOGO pela inspiração que me deste...)

 

Maria Lua

sinto-me:
música: Dire Straits in: Private Investigations
publicado por MariaLua às 14:39
Quinta-feira, 24 / 05 / 12

ACREDITE

 
 
E você, ACREDITA???
 
Maria Lua

 

sinto-me:
música: Corvos in: RISO DA ALMA
publicado por MariaLua às 11:31
Quarta-feira, 23 / 05 / 12

COISAS TÃO SIMPLES (Mas tão maravilhosas...)

 
Confesso que AMAVA ter sido eu a escrever o texto que se segue. De qualquer forma, o facto do mesmo ter sido escrito por alguém que não eu faz-me sentir acompanhada!!!
 
Obrigada Joana Roque.
 
 
Maria Lua
 
 

Aprendi a dar importância às coisas simples. A perceber que há alturas em que não precisamos de nada mais do que um sorriso, de sentir o sol a brilhar na nossa cara, de ver os que amamos felizes, de ler um livro ou ver um filme. Aprendo todos os dias que há coisas tão banais que me dizem tanto: pensar pela minha própria cabeça, tomar decisões conscientes, escolher os meus amigos, ter uma família que me ama, não ter nenhuma doença grave que ponha em risco a minha vida.  Descubro também que não sou a única que tenho estas coisas, mas descubro que, na maioria das vezes sou das poucas que agradece por elas.

 

Existem à minha volta muitas pessoas que não sabem dar valor ao que têm. Estão tristes e desiludidas porque o chefe as aborrece, porque os filhos andam impossíveis, porque andam com uma dor no braço, porque os amigos não atendem o telemóvel,  porque não têm tempo para elas, porque os pais são chatos, porque o que era bom era ganhar o euromilhões(...)

 

 Na realidade têm emprego, amigos, filhos, pais, trabalho e ocupação, uma dor suportável e passageira no braço e sonhos. Têm tudo (ou quase tudo!) Têm as coisas simples e banais que tantos não têm e lutam por ter: um emprego, amigos, ocupação, filhos, saúde e a família que amam viva e perto deles. As coisas simples, banais e ao nosso lado que tantas vezes nos esquecemos que estão lá!

 
 
sinto-me:
música: Arietta - Eberhard Weber (Jan Garbarek Group)
publicado por MariaLua às 11:27
Terça-feira, 08 / 05 / 12

SER (sem rótulos...)

 

Hoje tenho para partilhar convosco um curto filme de animação. Espero que vos toque tanto como a mim. Para felicidade dos homens o mundo terá de ser contabilizado não por números mas por sonhos realizados.

 

Bem hajam!

 

Maria Lua

 

sinto-me:
música: Pat Metheny A Map of the World
publicado por MariaLua às 15:43
Sexta-feira, 04 / 05 / 12

SER OU TER?

 

 

 

 

Vivemos num pequeno mundo onde as pessoas deixaram de conhecer o significado da palavra SER para a substituir por TER. Vivemos numa corrida desenfreada para chegar sabe-se lá onde… entretanto existem pessoas neste mundo que aderiram ao movimento SLOW LIFE que é muito mais do que apenas SLOW FOOD. Essas pessoas desconhecem totalmente o significado da palavra: DESENRRASCAR….

 

Já pensou nisso???

 

Hoje deixo algumas musicas para o fim de semana!

 

Bom fim de semana!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Maria Lua

sinto-me: Em casa!
música: Algo de Yann Thiersen
publicado por MariaLua às 17:03
Quinta-feira, 08 / 03 / 12

ALERTA!!!!! O TEMPO QUE NÃO PÁRA!!!!

DEDICO ESTE POST A TODAS AS MULHERES QUE LUTAM TODOS OS DIAS E NÃO APENAS EM DIAS INTERNACIONAIS!

 

 

Passamos a vida controlados pelo tempo à espera que venha o tempo de ser feliz... vivemos sempre na expectativa do amanhã, do realizar amanhã, do ser feliz amanhã, do viver amanhã...

 

Amigos... na prática nada disto acontece... o tempo passa e as coisas nem sempre melhoram! O tempo não pára.

Então porque não fazer HOJE o que planeou fazer amanhã? 

 

 

NAO ESPERE! HAJA!!!

 

NÃO PODEMOS ADIAR O CORAÇAO....

 

( E ás vezes o amanhã nunca chega... ou vem mascarado de ontem, ou pura e simplesmente deixa de nos interessar ou vem tarde de mais)

 

 

 

 

 
 
 
SEJAM FELIZES HOJE! : )
Maria Lua
sinto-me: CHEIA DE AMOR PARA DAR
música: all together now
publicado por MariaLua às 12:03
Quarta-feira, 22 / 02 / 12

HOJE!

 

Hoje é dia de acreditar.

 

Este HOJE poderia ser um dia qualquer. Perante todas as dificuldades, as coisas menos boas, as tristezas e as catástrofes existe sempre um HOJE que é o dia indicado para recomeçar e voltar a acreditar. Temos o dom da vida. A capacidade de pensar, de nos mexermos de sorrirmos e existe um mundo enorme à espera de ser (re) descoberto. Um mundo cheio de hipóteses, de soluções e também meus amigos: de finais felizes. (Sim, porque não? Para variar acho que é um bom tema).

Por isso é bom que nos enchamos de bons presságios, usemos cores garridas, soltemos de dentro a nossa gargalhada mais profunda (tipo yoga do riso) façamos sorrisos que acreditam e entremos em cumplicidade connosco próprios como se estivéssemos “grávidos” e voltássemos a acreditar utilizando a frase da famosa publicidade: “GRÁVIDA OU NÃO? A PRIMEIRA A SABER ÉS TU” (…). Sim porque a perfeição está ai. Envolve-nos diariamente e não tem culpa da estupidez dos homens…

 

Bem hajam!

 

Maria Lua

 

 

sinto-me:
música: keith Jarrett - Koln Concert
publicado por MariaLua às 15:59
Terça-feira, 14 / 02 / 12

AMO-TE. VIDA

 
Guardarei para sempre no meu coração todos os momentos em que senti AMOR... (e isso quer dizer todos os dias!!!).
 
(Re)edito algo que escrevi à imenso tempo...
 

"O importante é estar. Não interessa por quanto tempo. Mas estar. Trocar experiências, partilhar, dar sorrisos ou dores que ensinam. Viver só durante o tempo certo com. Ou menos que o tempo certo, nunca mais. Senão abrem-se feridas incuráveis e começam as dores. Sentir. Usar os sentidos até á exaustão. Não fingir. Caminhar ao lado sem cair. Dar a mão e florir. Depois ou recordar com sorrisos e muito azul, ou cheirar o ar e corar. E desejar. Isso sim é viver. Ficar sem ser é tédio, não se "fica" parte-se sem rumo e para o vazio. " (...)

 

 

 
Beijo no vosso coração!
 
Maria Lua

 

sinto-me: Cheia de LUZ : )
tags:
publicado por MariaLua às 16:29
Segunda-feira, 13 / 02 / 12

PAPÕES Versus ELFOS

Coisas pequenas são
coisas pequenas
são tudo o que eu te quero dar
e estas palavras são
coisas pequenas
que dizem que eu te quero amar(...).
Madredeus

 

 

 

 

 

Tenho muita sorte. Deveras muita sorte!

Existe um ELFO na minha vida. Ou melhor uma ELFA.

(Shiuu… porque é segredo).

É um SER especial e fragiló-forte que me dá alento e me tem vindo a ajudar nesta minha viagem de descoberta por tudo o que existe.

Juntas já enfrentamos muitas batalhas (confesso que algumas eram utópicas e existiam apenas algures dentro de um dos nossos neurónios).

Desde que me conheço que sempre me tem vindo a ajudar a enfrentar os papões. Quando eles aparecem ela transforma-se em lobo e fica extremamente agressiva.

É de fugir meus amigos!

Mas o mais estranho disto tudo é que segundo me confessou, também ela tem um medo terrível do papão, inclusive sente-se perseguida por ele desde o seu nascimento. Apenas aprendeu a enfrenta-lo e a defender-se… mas as cicatrizes estão lá…

Entretanto tenho vindo a crescer (sim… esse é o destino dos humanos). Refiro-me como é evidente a crescer por dentro, a tentar compreender o mundo dos aromas e as suas preocupações a enfrentar o vento sem me deixar levar pelos ares. Mas quero que a minha ELFA saiba que AMODORO (amo+adoro) tudo o que ela me tem vindo a dar. E que tenho muito orgulho em SER quem SOMOS  : )*

 

AMO-TE MÃE!

 

Nota: Junto envio-te um filme que fala de PAPÕES (…) eles existem realmente. Mas tenho boas notícias para ti: Os lunáticos e os dias de primavera também…

 

Maria Lua

 

sinto-me: QUE BOM!CONSEGUIMOS VER..
publicado por MariaLua às 15:46
Sábado, 11 / 02 / 12

COISAS QUE NÃO SE APAGAM NUNCA!

 

 

 

Guardei-as dentro do pensamento e nunca mais foram minhas!

Entretanto procuro-as diariamente nos sorrisos, nas coisas pequeninas e em tudo o que normalmente não é apreciado pelo mundo e que tem o valor das coisas imateriais e infindáveis – para quem tem espírito de explorador (mas sentidas dentro do coração).

 

Conheço a dor da descida aos infernos. É um sofrimento atroz ver tudo escuro e sem brilho. Enche-nos de dores inconformadas, de vazios, de temores e de solidão. Nesses momentos pareço uma eterna adolescente num mundo de abutres e coisas más (…)

 Mas depois os raios de sol começam a entrar mansamente “como-quem-não-quer-a-coisa” e instalam-se-me no ego convidando-me a subir.

Ai desfruto de alegrias e prazeres indescritíveis (a sensibilidade extrema permite-nos viver destes pequenos prazeres). Se o sofrimento é exacerbado para nós os sensíveis, as alegrias e subidas aos céus também o são. E é nesses momento que AS volto a encontrar.

 

 

Estou a falar das minhas ASAS claro.

 

 

 

Livro sugestão do dia:

 

Receitas de Amor para Mulheres Tristes

de Héctor A. Faciolince

Edição/reimpressão: 2000

Páginas: 116

Editor: Editorial Presença

ISBN: 9789722325554

Coleção: Grandes Narrativas

 

Sinopse

Uma série de "receitas" em belíssimos textos, traduzidos pelo poeta Pedro Tamen, para ajudar à cura dos "males de que padecem as mulheres, ou a identidade feminina", que vão da infelicidade à traição, à frigidez, ao receio de ficar velha, ao nervosismo, ao medo das sogras, ao mau hálito, etc., etc., através duma sabedoria que vem de trás e que conhece o "feminino" em profundidade. Isto apesar de o autor ser um homem. Mas que teve cinco irmãs, ou seis mães, como ele diz, e a quem dedica esta obra. Ele, Faciolince, apenas "gostava de ser (...) um bom boticário, um farmacêutico, o senhor das receitas que te perfumem (mulher triste) a fantasia." Experimente, para ver se resulta.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Amanhã não devo vir! Por isso: Bom fim de semana. Vamos todos aproveitar para sorrir ao sol.

 

 

Maria Lua

sinto-me:
música: Laurent Filipe - A Luz
publicado por MariaLua às 15:00
Sexta-feira, 10 / 02 / 12

BURACOS (NEGROS??)

 

 

Olhei lá para dentro outra vez…

O escuro impedia-me de ver o que estava lá no fundo, mas a minha curiosidade foi mais forte…

Rebusquei os bolsos à procura de alguma coisa que pudesse fazer luz na escuridão, um isqueiro, uma caixa de fósforos sei lá… (como sou fumadora deveria ter sido fácil mas não foi…)

E foi então que ouvi a sua voz:

 

- Olá!

 

Fiquei assustada confesso. Olhei à minha volta procurando o dono da voz mas estava realmente só naquele espaço.

E foi então que a sua voz interrompeu de novo o silêncio:

 

- Estou aqui dentro. Bem à tua frente.

 

Olhei à volta novamente, completamente perplexa com o que estava a acontecer.

 

- Aqui em baixo! - Disse a voz

 

O coração acelerou-se-me e ficou totalmente descompassado, suores frios percorreram-me a espinha e as entranhas e encheram-me de tonturas, comecei a congelar…

A voz vinha realmente de dentro do buraco. Perante todo o pânico que senti apenas consegui que me saíssem da boca sons quase imperceptíveis que queriam dizer:

 

- Quem és tu?

 

A resposta veio prontamente:

 

-Sou tu!

 

Achei que estava a delirar, tal situação parecia-me totalmente descabida e implausível. Estaria eu a enlouquecer? Talvez…

A voz prosseguiu como se adivinhasse o meu pânico:

 

- Não. Não estás a sonhar! Sou a voz do teu inconsciente, aquela que geralmente chamas cada vez que não consegues fazer as coisas como gostarias. Costumas sempre ser tu a falar comigo. Até hoje nunca te respondi… aguardei que ultrapassasses as cenas. Mas não, não estiveste à altura dos desafios que a vida te propôs. Tu própria fizeste-nos cair dentro do buraco tu e só tu!

 

 

… ACORDEI! (ufa ainda bem que foi só um sonho…) mas pode acontecer…

Já sei… VOU APAGAR O BURACO E COMEÇAR A VIVER!

 

Maria Lua

 

sinto-me:
publicado por MariaLua às 14:38
Quinta-feira, 09 / 02 / 12

O MEDO

 

 

Mascara-se de SER para viver a vida de quem consegue possuir. Apodera-se dos segredos, dos batimentos cardíacos (e às vezes até dos sonhos) de quem possui…

 

Alimenta-se de amargura, de pessimismo, de dores inconformadas e outras coisas “assim-assim”. Tem como únicos objectivos CONGELAR e DESTRUIR.

 

CUIDADO: ELE ANDA POR AI À SOLTA !!!

 

 

 

Por isso Tenha MEDO… muito MEDO… buuu…

 

Maria Lua

 

sinto-me: Humm... será que sinto hoje?
música: Qualquer coisa de Gustav Mahler
publicado por MariaLua às 15:01
Quarta-feira, 08 / 02 / 12

NAS CLAREIRAS DO MEU PENSAMENTO

 

 

 

Todos  os dias escrevemos um pouco da história da nossa vida. É-nos dado um mote, um argumento, personagens, situações.

Questiono-me muitas vezes até que ponto temos livre arbítrio para o fazer e de qual será a forma da caneta com que o fazemos. Poderá ter a forma de uma habitual caneta que escreve no tempo ou a forma de uma mão ou de um pé ou simplesmente de um coração. (Sim definitivamente gosto desta metáfora).

 

E que tipo de material será usado para a escrever? Penso que o criador jamais usaria papel. (No entanto tem piada imaginar um lugar algures cheio de velhos livros empoeirados repletos de histórias e novelas de vidas humanas - A ideia de um Deus editor livreiro diverte-me!)

 

Talvez a memória exista como suporte. E esse legado faz de todos os humanos contadores de histórias.

E sempre assim será até final dos tempos.

 

Mas atenção meus queridos: face ao exposto é essencial saber escrever muito bem....

 

Maria Lua

sinto-me: A espreitar
publicado por MariaLua às 14:00
Sexta-feira, 27 / 01 / 12

NO JARDIM DE ALICE

 

E novamente me perdi no jardim de Alice… teimosa como sempre percorri o caminho do acreditar e fui lá dar…                                                                

As rosas trepadeiras murmuraram-me ao ouvido a sua não vontade de serem pintadas outra vez, dizendo estarem fartas de mudar de cor sem querer…

 

Fico sempre desajustada quando aqui venho. Ora a crescer ora a diminuir nunca me sinto com o tamanho certo...

 

Maria Lua

sinto-me:
publicado por MariaLua às 16:59
Quinta-feira, 26 / 01 / 12

FIX YOU

 
 
 
 

 

 
 
Dedico este post a todos os que acreditam (ou precisam acreditar) na LUZ...
 
ELA ANDA POR AI... : )
 
 
Maria Lua
 
 

 

sinto-me: Fix You : )
música: ColdPlay Fix you
publicado por MariaLua às 14:54
Terça-feira, 24 / 01 / 12

NO CORAÇÃO DOS PÁSSAROS

 

Aguardo ansiosamente a chegada das andorinhas de asa vermelha pois só elas detêm do dom da redescoberta na plantação de sois no coração humano (…)

 

(...) São puras como nada ou ninguém… trazem sementes de ‘bonaventuree reconstroem a nossa inspiração de sonhos por viver.

 

Aguardo-as e sorrio. Sinto-me engravidar de esperança e de doçuras por viver... não quero ser apenas SOMBRA. Quero iluminar-me de calor de estrelas e de presenças que me permitam manter-me acordada.

 

 

Está ai alguém ?

 

 

 

Maria Lua

 

sinto-me: A dar para o cinzento...
música: Sade: Your Love is king
publicado por MariaLua às 17:23
Sexta-feira, 20 / 01 / 12

SER é existir com pirilampos!

 
Olá Afilhado : ) *
 

EIS-NOS CHEGADOS AO CORAÇÃO DAS COISAS…

 

Existem umas luzes intermitentes que nos impedem de seguir na penumbra.                                                                                                       

 

 (São pirilampos mágicos que nos acodem sempre em momentos de aflição e nunca se esquecem de nós, têm olhos e mãos especiais. Uau!).

 

Procuramos abrigo no refúgio secreto guardado dentro do coração dos pássaros (é uma viagem breve mas difícil se não se amar o suficiente.     

 

A partida começa sempre no TUDO O QUE SENTIMOS - é um lugar mágico acreditem!).

 

 Ai abraçamos a DOR POR TODAS AS COISAS e seguimos em frente na primeira agonia à esquerda que de repente se transforma num enorme

 

GIRASSOL SOLARENGO. Ficamos a sentir o seu calor durante um bocadinho e então é hora de continuar viagem.                                               

 

Depois de passarmos pelo vale dos SILÊNCIOS FUTEIS E APENAS MUNDANOS encontramos o JARDIM DAS FLORES ARCO-ÍRIS que se

 

apodera dos nossos sentidos e quase nos convence a ficar para sempre… Mas o nosso SER sabe que ainda não chegou o momento… e que é

 

preciso continuar o caminho para ser… SER! (Tás a ver não tas?).

 

Depois de muitas pedras e atalhos atabalhoados cheios de sombras negras e muitas alucinações encontramos (com alguma sorte e se formos

 

perspicazes) outra vez os pirilampos de mãos e olhos de luz que nos indicam que chegamos à meta.                                                                 

 

Mas ficamos indefinidamente em viagem de descoberta por tudo o que existe e cada vez o nosso SER se torna mais. :)

 

Mais tarde e já reconfortados pelo calor dessas mãos e pelo brilho desses olhares compreendemos que para se SER basta apenas EXISTIR e

 

querer [saber) substituir a matéria por sentimentos…

 

Maria Lua

sinto-me: chamo o meu pirilampo...
publicado por MariaLua às 15:57
Quarta-feira, 26 / 10 / 11

Mano, querido MANO!

 
 

A meu irmão no dia 26 de Outubro de 2011

 

 

O vazio dói…

E o escuro também...

 

Hoje descobri o nevoeiro dos dias de Outono e abandonei-me à sombra do meu tempo por viver…

Busquei a inquietação de ser, e só encontro precipícios a invadir-me o ego! Não quero cair... Estou descontente com os icebergs da memória e gostava que neste dia alguém me arrancasse o resto do coração pois viver só com uma parcela deste órgão faz-me sentir um andróide e não crer…

(…)

 

Mas eu quero crescer!

 

Ainda guardo pássaros com cantares felizes (que neste momento estão guardados na gaiola da solidão, da qual perdi a chave)

E por dentro do podre das árvores há folhas verdes e flores ( que não conseguem sair para descobrir o sol pois sabem que cá fora lhes espera o Cinzento) …

(…)

 

Mas quero viver!

 

 Restam-me planetas de esperança e visões acreditáveis de ser feliz (das quais neste momento só vejo sombras, mas sei que lá estão… [obrigada Platão]).

 

E os nenúfares são da cor do arco-íris e banham o lago da minha vida como se fossem lâmpadas a iluminar uma sala escura… (mas hoje falta a luz).

 

E assim volto ao vazio: que dói!

 

E fico no escuro: Á espera que voltes e tragas o mar contigo!

(Olha que já tenho o barco pronto…)

 

Amo-te!  

 

Maria Lua

sinto-me: hum...
música: Brothers in Arms...
publicado por MariaLua às 16:14
Quinta-feira, 22 / 09 / 11

Como num carrossel...

 
 

Existem estrelas que aquecem os sonhos e sonhos que povoam vidas e fazem crescer. Existem pessoas, existem asas e casas para abrigar sonhos dentro do peito. Existem palavras e vento para levar essas palavras... Existem cores invisíveis que servem para cheirar e para sentir dentro do coração. Existem sentimentos de crescer e poemas de “enpequenar”. E rodamos pela vida sempre a crescer e a diminuir por dentro, como num carrossel.

 

: )

 

Um abraço:

 

Maria Lua

 

sinto-me: Com sol : )
música: Morelenbaum2/ Sakamoto: As praias desertas
tags:
publicado por MariaLua às 16:47
Quarta-feira, 21 / 09 / 11

Corçoes sentidos coraçoes. (Obrigada Fausto! ) : )

 

"Corações sentidos corações"
Letra e Música de Fausto
(in Atrás dos tempos vêm tempos)
(in O despertar dos Alquimistas)

Havia de haver uma festa
em toda a praça iluminada
a perfeição manifesta
o pôr-do-sol
mais perfeito
a gente toda enfeitada

havia de haver pantominos
uma manhã de domingos
num fantástico efeito

traz um ar gingão
a tua altivez
traz um certo espírito português
dança folião
da maravilha e do lazer
o que espero da vida é nascer

Havia de ser bailarino
por cima do Sete-Estrelo
um outro macho latino
a adormecer
no teu colo
a fingir que era menino

havia de ser adivinho
pra te mostrar o caminho
de outro destino mais certo

baila mundo baila
como um carrocel
nas cores mais belas de um painel
gira história gira
essa da guerra e do poder
o que espero da vida é saber

Havia de ter
toda esta alegria
nascida do santo e da orgia
havia de ter
o bem da paz e do prazes
o que espero da vida é viver

Corações sentidos corações
corações são cinzas e paixões
magoados nas vidas mal amadas
magoados nas vidas tão magoadas
 
 
"Guardarei sorrisos no meu coraçao para quem entender que amar ´e muito mais do que ter ou possuir"
 
Bem hajam!
 
Maria Lua
 

 

sinto-me: Enfaustiada...
publicado por MariaLua às 17:49
Este é o lugar dos Contos e das imagens. Aqui estará SEMPRE no mundo da "Lua" onde é obrigatório SENTIR. Seja bem Vindo!

mais sobre mim

pesquisar

 

Setembro 2012

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

últ. recentes

mais comentados

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro